Posts

Principais Coisas A Considerar No IoT Para Alcançar O Sucesso Em 2018

No momento, estamos aproveitando as férias e o Natal com nossas famílias e amigos, temos todo o tempo do mundo para aproveitar, pelo menos nos próximos dias, tudo o que consideramos importante e especial em nossas vidas. Eu sei, por experiência própria, que muitas pessoas esquecem completamente de tudo relacionado a trabalho nas férias, mas ainda há um pequeno grupo de pessoas que se dedicam ao trabalho nessa época, como geralmente fazem durante todo o ano. Para aqueles que pertencem à tecnologia IoT e M2M (máquina a máquina), este artigo tem como objetivo aumentar sua consciência sobre algumas das coisas que devem ser consideradas para alcançar o sucesso em seus empreendimentos IoT em 2018. Então, aqui estão algumas das considerações que devem ser feitas para alcançar o sucesso com a tecnologia IoT em 2018, e possivelmente além disso.

 

Segurança do IoT -:

 

Segurança e segurança de IoT

 

Não se engane! Nós na esfera IoT ainda temos muito a melhorar na segurança de nossos dispositivos e serviços, especialmente os relacionados ao mercado B2C. Em 2017, surgiram novas questões de segurança e desafios relacionados a Dispositivos, Sistema Operacional, Informação, Sistemas, Portais de Gerenciamento IoT, Comunicação, Redes e etc. Todos esses são elementos cruciais que compõem o ecossistema IoT e tem algum tipo de falha de segurança.

 

Então, indo direto ao ponto, estes são os problemas de segurança que devem ser resolvidas por todos os provedores de serviços do IoT, se eles almejam o sucesso próximo ano: hacks em dados informativos, remoção de hardware do dispositivo, criptografia de comunicação, DDoS & outros ataques de botnet e, principalmente, a manipulação totalmente baseada em IA, utilizando técnicas de “personificação” para obter acesso não autorizado ao representar usuários, máquinas e redes confiáveis.

 

Qualidades e Problemas no Hardware IoT -:

 

Qualidade de hardware IoT

 

Para vocês que são desenvolvedores de hardware IoT, guardem suas energias e criem os tipos de hardware IoT que vão resistir a qualquer condição, e ainda vão ter a capacidade adicional de fechar completamente as operações caso acesso antiético seja detectado. Os principais componentes do hardware IoT, como os processadores, devem ser capazes de atuar de forma inteligente, pois oferecem serviços “inteligentes”.

 

Bios integrados no hardware IoT devem ser capazes de lidar com questões relacionadas a atualização e segurança. Fornecer serviços sem problemas e compatibilidade com o software IoT complexo também será necessário para o sucesso em todos os projetos IoT em 2018. Além disso, o hardware IoT também deve ter suporte embutido para permanecer compatível, tanto com o software antigo quanto com o atual, pelo menos pelos próximos 15 anos ou mais (é a minha especulação de compatibilidade).

 

Portais de gerenciamento de dispositivos “M2M” IoT -:

 

Portais de gerenciamento de dispositivos M2M

 

A terceira coisa mais importante a se considerar para qualquer provedor de serviços IoT é o gerenciamento e o monitoramento de dispositivos IoT implantados, seja em redes de curto ou longo alcance. Também conhecida como plataformas de gerenciamento “M2M”, a ênfase em um gerenciador de dispositivos “característico” e de alta qualidade do IoT, para o gerenciamento de milhões de dispositivos conectados ao IoT no futuro próximo, se tornará preeminente para o provedor de soluções IoT em 2018.

 

Para alcançar os cenários futuristas altamente romantizados na indústria IoT, o ecossistema IoT depende muito do tipo de plataformas de gerenciamento de dispositivos IoT que não sejam apenas um pacote consistente em todos os principais componentes para permitir uma comunicação suave entre os dispositivos implantados, mas também que eles ajam inteligentemente e abranjam toda a gestão dos dispositivos, a aplicação IoT e a organização de hardware inteligente para a concretização de um projeto IoT“.

 

Clovis Lacerda, fundador da Parlacom Brasil, um dos maiores fornecedores de soluções B2B IoT / M2M na América do Sul.

 

Análise na tecnologia IoT -:

 

Análise na tecnologia IoT

 

Não existe nenhum projeto nas tendências atuais da indústria de TI que possa ser considerado vantajoso, a menos que ele tenha a capacidade de produzir previsões analíticas quase perfeitas ou de ser utilizada por essas previsões. É a mesma coisa com a tecnologia IoT, em que a análise de “Big Data” vai desempenhar um papel crucial em seu progresso.

 

Especificamente falando em nome das empresas B2C IoT, análises preditivas baseadas na massa de dados gerados por vários tipos de dispositivos implantados, com os diversos tipos de dados em si, alguns relacionados ao comportamento do consumidor, uso de produtos / serviços, interação do cliente e padrões de engajamento (importante para o marketing) e etc., serão um trunfo para qualquer empresa.

 

Sistemas operacionais para a tecnologia IoT -:

 

Sistemas operacionais IoT

 

Chegou a hora de criar sistemas operacionais dedicados ao ecossistema e à arquitetura em erupção do IoT. Na era IoT; nossos sistemas operacionais confiáveis, amados e familiares, como o Windows e o iOS, não são mais de uso e valor (exceto para uso pessoal). Mas devemos nos concentrar em razões do porquê o sistema operacional tradicional não atende a necessidade de aplicativos IoT, ou devemos falar sobre o tipo de sistema operacional necessário para obter sucesso no IoT? Prefiro a segunda opção, porque a evolução é uma viagem unilateral; continua em frente sem olhar para trás.

 

Um sistema operacional específico do IoT deve ser capaz de processar metade dos recursos consumidos pelos sistemas operacionais tradicionais. Suportar a capacidade de resposta em tempo real dos dispositivos / serviços do IoT, bem como o processamento suave de pequenos chips e sensores IoT, processadores econômicos e pequenas unidades de memória podem funcionar sem problemas, mesmo com a pequena quantidade de energia, é o que o ecossistema do dispositivo IoT mais gosta. Então, se você estiver procurando sucesso em seus projetos IoT em 2018, certifique-se de ter o tipo certo de sistema operacional para suportá-lo.

 

Redes qualitativas de curto alcance e ampla área:

 

Redes de curto alcance e de área ampla qualificadas

 

Talvez essa seja a coisa mais importante nesta lista e todos os desenvolvedores e fornecedores de soluções do IoT devem prestar muita atenção. Se você está implantando ou implantará o dispositivo IoT em uma conectividade sem fio alimentada por redes de baixa potência, ou dispositivos que são implantados em lugares remotos de longa distância alimentados por redes de área ampla, saiba que ambas as classes devem ser qualitativas e atender os desafios atuais eficientemente.

 

Isso significa que os requisitos conflitantes, como alcance, largura de banda operacional do dispositivo, recursos de energia, segurança, implantação de ponto final e custos operacionais inteiros são atendidos com máxima precisão. É por isso que a conectividade sem fio é altamente predita para ser um sucesso com redes de curto alcance de baixa potência, já que eles vão resolver muitos desses requisitos conflitantes, como previsto no “último caso de conectividade de 100 metros“.

 

Por outro lado, a adoção de uma rede de área ampla será uma opção adequada para projetos IoT amplamente implantados, com dispositivos conhecidos em escala nacional e global, vida útil longa do dispositivo e com possibilidade de conectar milhares e milhões de dispositivos em um protocolo de rede confiável que poderá cobrir todos os requisitos conflitantes dos projetos IoT em grande escala.

 

Benchmarking oficial e padrões da tecnologia IoT -:

 

Benchmarks e padrões oficiais da IOT

 

Finalmente, a última coisa na minha lista é reconhecida e seguida mundialmente, o padrão para toda a indústria do IoT. Mesmo que isso não seja algo tecnológico por si só, a importância de padrões e regulamentos globalmente aceitos para toda a comunidade de desenvolvedores e provedores de serviços do IoT é semelhante ao que é legal para a sociedade funcionar de forma adequada e justa.

 

Embora várias grandes iniciadas tenham sido tomadas em 2017, como a criação de benchmarking padrão do IoT pelo TPC, a emissão de regulamentos nacionais para veículos “inteligentes” no Reino Unido, a apresentação do primeiro projeto de segurança oficial do IoT no Senado dos EUA para aprovação: A Lei de Cibersegurança da Internet de Coisas (IoT) de 2017, a criação de relatórios de princípios de segurança industriais globais do IoT da Câmara de Comércio dos EUA e outras etapas importantes para aumentar o interesse pelas leis e regulamentos globais do IoT, ainda que todas as tentativas não tenham obtido o verdadeiro índice de um padrão mundialmente aceito para o IoT.

 

Os diferentes objetivos, interesses e princípios do desenvolvimento de soluções IoT são o principal problema que resistem a um padrão global oficial para a tecnologia IoT, diferenciados pelas principais nações concorrentes neste setor. Mas, na minha opinião, à medida que a indústria do IoT cresce, e todos da concorrência estão famintos por uma parte de sua receita prevista em bilhões e trilhões, deixa poucas dúvidas de que, de uma maneira ou outra, um padrão global para cada nação concorrente do IoT vai surgir no ano de 2018. Portanto, todos aqueles que querem ter sucesso em seus projetos IoT em 2018, certifiquem-se de que seus olhos estão abertos para os padrões oficiais na tecnologia IoT. Para aqueles que estão interessados em saber mais sobre o crescimento da receita do IoT no futuro, por país específico, confira este relatório detalhado.

 

O que mais você acha que poderia ser adicionado a essa lista de coisas cruciais para o sucesso na tecnologia IoT no ano de 2018?

TPC Gave Standard Benchmark For All IoT Gateways

The latest big happening (and advancement) in the IoT industry has just happened: The Transaction Processing Performance Council (TPC) has announced the globally standard benchmarking for IoT gateways as well. The new benchmarking protocol known as TPCx-IoT is IoT’s first ever global benchmark standard. The motive of TPC to introduce TPC Express Benchmark ™ is to monitor and thoroughly measure the performance-related issues of all IoT gateways. An IoT gateway holds immense importance in a successful IoT deployment cycle. For both the B2C and B2B organizations, having a concrete control and high performance over the gateway protocols of their IoT devices are a sure way to providing top class service, and to obtain legit success with their IoT deployments.

 

You might be wondering what really is the role of an IoT gateway? Well, an IoT gateway system is a data-transferring unit located between the connected IoT devices and the central data, or commanding center. Without a safe and high-performing IoT gateway, no IoT service or project can become a success. Therefore, the importance of securing our IoT gateways and benchmarking them for the utmost performance is perhaps the first great step taken to take IoT industry a step forward from its current position.

 

The TPCx-IoT benchmark is programmed in such an eloquent way that it will considerably provide data managers and analysts with the important verifiable information pertaining to IoT gateway performance, the authenticity of real-time collected data, and commercially existing market metrics.  The core of all this is the vast amount of data that will go hither and tither through these IoT gateways, and if they are performing supremely, the data will never be compromised on any ground.

 

“This value-addition benchmarking standard introduced by the TPC organization has taken the IoT industry on a whole new level of acceptance, a level from where this amazing and rapidly establishing industry will never look back again,” expresses an optimistic Mr. Clovis Lacerda of Parlacom Brazil, a mobile IoT/M2M software provider.

 

The creation of such fundamentally-supportive elements for the enhancement, advancement, and augmentation of the Internet of Things ensures all but a slowing down industry. And additionally, with such improvisations being at hand, IoT is sure to make it to the expected growth ratio predicted by well-known technological research firms.

 

The TPC Express Benchmark™ IoT will be a continues 24/7/365 service which will keep on scrutinizing IoT gateways, and provide the data control centers to efficiently access/evaluate a variety of system-related implementation approaches and network-based topologies. In a quite efficient manner, the companies both in B2C and B2B sector will be able to utilize and provide high-quality IoT services that will successfully face the existing security and performance related problems. We are quite sure with this speed of innovation; IoT will also successfully face the challenges that might come along in the future years as well. For now, let’s get involved and celebrate the new success of IoT industry with open arms.